domingo, 7 de dezembro de 2014

Voltei e nem pedi

O blog é meu e escrevo nele as besteiras inúteis que quiser. Me dou o direito de começar as frases com pronomes e ter momentos de futilidade abundante. Posso apenas não escrever durante séculos e voltar simplesmente do nada fingindo que sempre estive aqui (sem falar a ladainha de novos começos e desafios da vida, estamos de saco cheio desse mimimi). O blog é meu. Mas, sinta-se a vontade (sem abusar demais). Só não estranhe se eu me sentir no direito de terminar a frase antes do f

*****

Tem Etta James cantarolando no meu ouvido hoje.

3 comentários:

  1. Te acho sensacional!
    E, sim, sempre tem alguém que lê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Êita que sorri grande aqui, obrigada ;)

      Excluir
    2. Eu que agradeço pelas suas palavras. C=

      Excluir

Sem horas e sem dores,esse espaço é recomendado para seus escritos, sejam eles sobre o texto ou sobre a resposta fundamental da vida,do universo e tudo mais.


E-mail para tagarelar mais:
anaclaraj@gmail.com

Fica um abraço pra quem sentir vontade de receber um.